O Instituto Pólis é uma ONG (Organização Não Governamental) de atuação nacional e internacional. Fundado em 1987, o Pólis atua na construção de cidades justas, sustentáveis e democráticas, por meio de pesquisas, assessoria e formação que resultem em mais políticas públicas e no avanço do desenvolvimento local.

Entrevista com Danielle Klintowitz -Doria e França revelam desconhecer drama das ocupações, diz urbanista

Urbanismo, Direito à Cidade, Reforma Urbana
3 de Maio de 2018

Segundo Klintowitz, as políticas públicas no setor de habitação não contemplam a parcela da população mais pobre, que acaba sem acesso ao direito fundamental de moradia.

“Ou são políticas que abrem novas frentes e levam a população a uma periferia sem equipamentos públicos, que piora a sua qualidade de vida, ou como as que vemos hoje em São Paulo, parcerias público-privadas que não incluem a população de baixa renda”, pontuou. “São políticas excludentes que geram esse tipo de ocupação. A ‘indústria da ocupação’ de que fala o governador não é feita pelos ocupantes, mas sim pelo próprio poder público.”

Confira  aqui a entrevista da coordenadora geral do Instituto Pólis, Danielle Klintowitz à Rede Brasil Atual.

 

Imagem: Corpo de Bombeiros

Anterior / Próximo