O Instituto Pólis é uma ONG (Organização Não Governamental) de atuação nacional e internacional. Fundado em 1987, o Pólis atua na construção de cidades justas, sustentáveis e democráticas, por meio de pesquisas, assessoria e formação que resultem em mais políticas públicas e no avanço do desenvolvimento local.

Nota de pesar – Giovanna de Moura

Cidadania Cultural, Juventudes, Formação, Democracia e Participação, Convivência e Paz
25 de maio de 2018

Nota de pesar – Mulheres Negras estão em luto

É com profunda tristeza que o  Instituto Pólis, Ação Educativa e Oxfam Brasil receberam a notícia do falecimento da jovem Giovanna de Moura na noite de quinta-feira, 24 de maio. Com 21 anos, ela foi atropelada na região do Butantã, próximo à sua residência. Atriz e dançarina, Giovanna fazia parte do Levante Mulher, coletivo que denuncia a violência contra a mulher através da arte, principalmente do teatro, e do bloco afro Ilú Obá de Min.

Era esse ativismo feminista e da luta antirracista, junto com seu talento, doçura e alegria, que ela levava ao Projeto Juventude nas Cidades, espaço de articulação de coletivos juvenis periféricos organizado em São Paulo pela Oxfam Brasil, Ação Educativa,  Instituto Pólis, Criola, Inesc, Fase-PE, Fase-RJ e Ibase. No último fim de semana, Giovanna esteve no encontro nacional do projeto, realizado em Recife. Lá contribuiu com debates sobre trabalho, incidência política, combate ao racismo e às desigualdades. “Ao mesmo tempo que foi fortalecedor, foi difícil ouvir as histórias de tantas pessoas, da luta de cada e pelas coisas que passam”, disse sobre o encontro em uma de suas últimas mensagens.

Nesse momento doloroso, expressamos nossa solidariedade a sua família, amigos e companheiras e também reafirmamos a necessidade de que o caso seja rigorosamente apurado. Giovanna de Moura, presente!

Anterior / Próximo