O Instituto Pólis é uma ONG (Organização Não Governamental) de atuação nacional e internacional. Fundado em 1987, o Pólis atua na construção de cidades justas, sustentáveis e democráticas, por meio de pesquisas, assessoria e formação que resultem em mais políticas públicas e no avanço do desenvolvimento local.

Pólis procura contratação de empresa especializada em mídia e assessoria de imprensa

Pólis procura contratação de empresa especializada em mídia e assessoria de imprensa
Institucional
3 de junho de 2012

 

Edital 06/2012

Projeto Litoral Sustentável

convênio6000.0064846.11.4

MELHOR PROPOSTA DE PLANO DE MÍDIA

COTAÇÃO PRÉVIA DE ASSESSORIA DE IMPRENSA.

 

O Pólis – Instituto de Estudos, Formação e Assessoria em Políticas Sociais, entidade privada sem fins lucrativos, com sede na Rua Araújo, 124, Vila Buarque, São Paulo-SP, torna público o processo de seleção para Melhor Proposta de Plano de Mídia e Cotação Prévia de Assessoria de Imprensa. O melhor Plano de Mídia será adquirido pelo Instituto Pólis.

 

CONTEXTO DO TRABALHO

O Pólis está realizando, em convênio com a Petrobras, um processo de Diagnóstico Urbano Socioambiental Participativo em 13 municípios do Litoral Paulista – Ubatuba, Caraguatatuba, São Sebastião, Ilhabela, Bertioga, Guarujá, Santos, São Vicente, Cubatão, Praia Grande, Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe – bem como um diagnóstico do conjunto da região. Esses diagnósticos servirão de base para a elaboração de um programa de desenvolvimento sustentável para os municípios e para a região.

O processo de construção dos diagnósticos é participativo: envolve a colaboração do poder público local e estadual; a escuta das demandas da comunidade por meio de entrevistas com lideranças de organizações da sociedade civil; pesquisa de opinião junto a moradores e oficinas de debates. Até julho serão realizadas 13 oficinas de debates, uma em cada município envolvido, e um encontro regional.

Com os diagnósticos municipais concluídos, o Instituto Pólis realizará novos encontros em cada um dos treze municípios acima referidos,entre o final de junho e agosto, para apresentar e debater seus resultados. Realizará, também, um encontro regional, para divulgar e debater o diagnóstico regional.

A seleção de um plano de mídia e a contratação de uma assessoria de imprensa têm por objetivo ampliar a divulgação dos diagnósticos na mídia local, regional e nacional, informar a opinião pública e ampliar o alcance do projeto.

 

OBJETIVO

1.Selecionar plano de mídia detalhado para divulgação do Projeto Litoral Sustentável e seus resultados, com ênfase na mídia local e regional.

2.Contratar empresa especializada em assessoria de imprensa que execute o plano de mídia escolhido.

 

ESPECIFICAÇÃO DOS SERVIÇOS DE ASSESSORIA DE IMPRENSA

1.Apresentação de plano de mídia.

2.Apresentação de estratégia de realização do plano de mídia.

3.Elaboração de releases e outros meios de divulgação dos resultados e dos eventos do projeto Litoral Sustentável, ouvindo os integrantes do projeto para levantar informações e aprovadno os conteúdos com a Assessoria de Comunicação.

4.Sugerir novos meios de divulgação do projeto Litoral Sustentável e de seus resultados.

5.Acompanhamento de entrevistas e depoimentos dos representantes do projeto Litoral Sustentável em veículos de comunicação.

6.Cobertura dos eventos do projeto e produção de matéria de divulgação de seus resultados para veiculação pela mídia local e pelo site e newsletter Litoral Sustentável.

7.Elaboração de relatório semanal de atividades com clipping dos resultados alcançados.

 

VALORES

O Instituto Pólis adquire o Plano de Mídia por R$ 5.000,00 (cinco mil reais).

O valor máximo a ser pago por três meses de assessoria de imprensa é de R$ 20.000,00.

 

A PROPOSTA

A proposta deverá ser apresentada até dia 15 de junho, às 17h, por meio eletrônico (litoralsustentável@polis.org.br) ou na sede do Instituto Pólis. Deverá conter:

1.Apresentação da empresa, com portfólio e equipe, com definição qualificação dos profissionais que farão o atendimento.

2.Plano de mídia com estratégia de divulgação e de contato com os veículos existentes nos municípios e na região.

3.Proposta financeira com e sem cobertura fotográfica e videográfica.

4.O prazo de validade da proposta financeira será de 60 (sessenta) dias a contar da data de apresentação.

 

DO PROCESSO DE ESCOLHA

1.Será escolhido o plano de mídia com estratégia mais abrangente, com maior número de veículos locais e regionais, que contemple também a chamada imprensa nacional.

2.Será escolhida a empresa que apresentar o melhor preço para execução do plano de mídia proposto ou o escolhido pelo Instituto Pólis.

3.O melhor plano de mídia será adquirido pelo Instituto Pólis.

 

DA CONTRAPROPOSTA

Instituto Pólis se propõe a adquirir o melhor plano de mídia. Em vista disso, se reserva o direito de escolher um plano de mídia e encaminhar contraproposta ao seu proponente, ou, ainda, orçar o plano de mídia escolhido com a empresa que apresentar proposta mais vantajosa.

 

DO PRAZO DE EXECUÇÃO DO SERVIÇO

O trabalho de assessoria de imprensa será realizado nos meses de última semana de junho a primeira semana de setembro, interrompendo-se no período pré-eleitoral. O Instituto Pólis deverá abrir nova concorrência para o período pós-eleitoral.

 

DA VIGÊNCIA DO CONTRATO

O prazo de vigência do contrato será de 150 (cento e vinte dias) dias, podendo ser prorrogado por justo motivo.

 

FORMA DE PAGAMENTO

O pagamento do plano de mídia será efetivado em uma única vez, após assinatura da cessão de diretos do plano.

O pagamento da assessoria de imprensa será realizado em três parcelas, uma no in´cio do trabalho e as demais condicionadas à apresentação dos relatórios semanais de resultados.

Os pagamentos serão realizados mediante depósito em conta corrente de titularidade da empresa ou empresas proponentes.

 

DOCUMENTOS A SEREM APRESENTADOS PELO PROPONENTE VENCEDOR

O proponente que apresentar a proposta mais vantajosa deverá apresentar os documentos abaixo arrolados.  A não apresentação dos documentos listados, no prazo de 03 (três) dias úteis, importará na não contratação.

Regularidade Jurídica:

Cédula de identidade dos sócios;

Registro comercial no caso de empresa individual, ou:

1.Ato constitutivo, estatuto ou contrato social em vigor, devidamente registrado, em se tratando de sociedades comerciais e, no caso de sociedades por ações acompanhada de documentos de eleição de seus administradores, ou:

2.Inscrição do ato constitutivo, no caso de sociedades civis, acompanhada de prova de diretoria em exercício, ou;

3.Decreto de autorização, em se tratando de empresa ou sociedade estrangeira em funcionamento no País, e ato de registro ou autorização para funcionamento, expedido pelo órgão competente, quando a atividade assim o exigir;

Regularidade Fiscal: (certidão com prazo de validade atualizada ao prazo de acolhimento da proposta)

1.Prova de regularidade para com a Fazenda Federal (Certidão Conjunta Negativa de Débitos, relativos a tributos federais e à Dívida Ativa da União);

2.Prova de regularidade à Seguridade Social (INSS), através de Certidão Negativa de Débitos (CND).

Declaração de Cessão do Plano de Mídia (datada e assinada pelo representante legal).

 

DAS MULTAS:

O proponente incidirá nas multas e penalidades abaixo:

Multa diária de 1,0 % (um por cento) sobre o valor global contratado, pela inobservância dos prazos estabelecidos nesta Cotação ou fixados pelo Instituto Pólis, limitada a incidência de 5 (cinco) dias úteis.

Após o 6º (sexto) dia útil e a critério do Instituto Pólis poderá ocorrer a não-aceitação do objeto, de forma a configurar, nessa hipótese, inexecução total da obrigação assumida, sem prejuízo da rescisão unilateral da avença e da aplicação da multa rescisória.

Multa de 10% (dez por cento) sobre o valor global do contrato pela inexecução parcial, proporcional a obrigação não cumprida.

Multa de 20% (vinte por cento) sobre o valor global do contrato pela inexecução total do contrato, sem prejuízo da aplicação da multa rescisória.

A multa rescisória compensatória corresponde a 30% do valor global do contrato e seus eventuais aditivos, devidamente corrigidos, nas hipóteses de rescisão do contrato.

As multas aplicadas serão descontadas dos pagamentos eventualmente devidos pelo Instituto Pólis ao proponente ou cobrada judicialmente.

DAS INFORMAÇÕES E ESCLARECIMENTOS

Poderão ser requeridas com o Luci Ayala, no endereço eletrônico luci.ayala@polis.org.br

 

São Paulo, 01 junho de 2012.

 

Nelson Saule Júnior

Coordenador-Geral do Projeto

Anterior / Próximo