O Instituto Pólis é uma ONG (Organização Não Governamental) de atuação nacional e internacional. Fundado em 1987, o Pólis atua na construção de cidades justas, sustentáveis e democráticas, por meio de pesquisas, assessoria e formação que resultem em mais políticas públicas e no avanço do desenvolvimento local.

Boletim Dicas defende uso de terrenos desocupados na área urbana para produção de alimentos

Segurança Alimentar e Nutricional, Inclusão e Sustentabilidade
22 de fevereiro de 2016

Ao longo do tempo, as áreas de produção de alimentos tornaram-se deslocadas das áreas residenciais. A distância entre os centros de produção e os de consumo trouxe consigo o aumento do preço dos alimentos em razão dos custos com transporte e armazenagem, além da perda de qualidade dos produtos. Ao mesmo tempo, nos centros urbanos são desperdiçadas toneladas de resíduos orgânicos, que, algumas vezes, são queimadas em terrenos baldios ou lançadas em rios.

Para que este processo torne-se mais proveitoso, tanto em centros de produção quanto de consumo, é necessário um programa municipal de agricultura urbana vinculado a uma política de educação ambiental, desenvolvimento econômico e segurança alimentar. A publicação “Produzir Alimentos na Área Urbana”, da série Boletim Dicas – Ideias para a Ação Municipal, desenvolvida pelo Instituto Pólis no ano de 2004, delineia ações para o incentivo da produção de alimentos em terrenos baldios, contribuindo para o acesso da população à alimentos de boa qualidade e baixo custo.

Clique aqui e confira o Boletim Dicas 217 – Produzir Alimentor na Área Urbana

Leia também:

Rádio Brasil Atual: Mariana Romão fala sobre a cartilhas Hortas Urbanas

Anterior / Próximo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 − 9 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.