decifrando o direito à moradia

No curso Decifrando o Direito à Moradia, debateremos o tema a partir de sua trajetória enquanto um direito humano. Reconstituiremos essa trajetória tanto no âmbito internacional, no bojo da construção das formulações teóricas e dos tratados de direitos humanos; quando no âmbito nacional, reconstituindo a luta dos atores sociais pela sua reivindicação. Com base nisso, analisaremos criticamente as políticas habitacionais brasileiras do último século, apontando seus limites e possibilidades na efetivação do direito à moradia adequada. Por fim, enfocaremos as ameaças colocadas a essa efetivação pelo processo de financeirização da habitação, aprofundando os significados econômicos, políticos e sociais dessa recente tendência global.

O curso é destinada ao público em geral. Qualquer pessoa interessada pode se inscrever. 

Serão 5 aulas, sempre na quinta-feira das 19h às 21h, integralizando 10h de curso, com emissão de certificado mediante participação em no mínimo 75% de nossas atividades.

Programação

educadores

 

Danielle Klintowitz – Arquiteta e urbanista. Doutora em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas e coordenadora geral do Instituto Pólis.

 

Gabriela Matos – Arquiteta e urbanista, pesquisadora de arquitetura contemporânea produzida em África e sua diáspora, com ênfase na arquitetura brasileira produzida por mulheres negras. Propõe a construção de uma narrativa contra hegemônica no campo da arquitetura e do urbanismo, a partir do Projeto Arquitetas Negras, que fundou em 2018. É vice presidente na atual gestão do IAB SP.

 

Guilherme Boulos – Graduado em Filosofia e mestre em psiquiatria pela Universidade de São Paulo. Coordenador do MTST e da Frente Povo Sem Medo. Foi candidato à Presidência da República pelo PSOL em 2018.

 

Raquel Rolnik – Professora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP. Foi relatora da ONU para o Direito à Moradia Adequada (2008-2014) e secretária nacional de Programas Urbanos do Ministério das Cidades (2003-2007). Autora dos livros “A Cidade e a Lei” e “Guerra dos Lugares: a colonização da terra e da moradia na era das finanças”.

 

Rodrigo Faria G. Iacovini – Advogado. Doutor e mestre em Planejamento Urbano e Regional pela Universidade de São Paulo. Coordenador da Escola da Cidadania do Instituto Pólis e Assessor da Plataforma Global pelo Direito à Cidade. Coordenador Executivo do Instituto Brasileiro de Direito Urbanístico – IBDU.

inscrições

Este curso conta com duas categorias de inscrição:

  • estudante (graduação ou pós): R$75,00 por pessoa
  • profissional: R$150,00 por pessoa

Também oferecemos inscrições solidárias. Você se inscreve por um valor adicional, que é utilizado para custear mais bolsistas neste curso. Nesta modalidade, também há duas categorias:

  • estudante (graduação ou pós): R$90,00 por pessoa
  • profissional: R$175,00 por pessoa

INSCRIÇÕES ENCERRADAS

   

regras de isenção

Tendo em vista a missão da Escola da Cidadania, ofereceremos isenção na inscrição para até 20 participantes de movimentos populares, coletivos e organizações da sociedade civil. Para solicitar isenção, as pessoas interessadas devem preencher este formulário. A seleção levará em conta critérios de gênero, raça, orientação sexual e situação de moradia. Encorajamos principalmente a participação de pessoas negras, trans e/ou moradores de periferias e favelas.

As solicitações de isenção serão encerradas no dia 13/07 . Os selecionados para isenção serão comunicados até dia 17/07.

   

referências

Confira as indicações de leitura e de vídeos para cada unidade do curso nas caixas abaixo.