mergulhando no direito à moradia

O curso provocará reflexões práticas e propositivas no âmbito dos possíveis caminhos orientados para a garantia do direito à moradia, trazendo discussões relativas à estruturação de uma política habitacional, às diretrizes para efetivação das 7 dimensões do direito à moradia adequada através de programas habitacionais, às estratégias de enfrentamento ao processo de financeirização da habitação, às ações diretas de movimentos populares para efetivação do direito à moradia e a casos práticos de reivindicação pelo direito à moradia em ZEIS.

Todas as aulas do curso Mergulhando no Direito à Moradia acontecerão às terças-feiras, das 19h às 21h, do dia 30/03 até 27/04, com emissão de certificado mediante participação em no mínimo 75% de nossas atividades.

O curso é destinado ao público em geral, e buscará oferecer elementos de aprofundamento tanto para quem está iniciando o debate, quanto para quem já está familiarizado com a temática. Assim, o curso oferece a oportunidade de mergulhar nas questões levantadas no curso “Decifrando o Direito à Moradia”, apresentando como, na prática, efetivá-lo.

Programação

educadores

Guilherme Boulos é graduado em Filosofia e mestre em psiquiatria pela Universidade de São Paulo. Coordenador do MTST e da Frente Povo Sem Medo. Foi candidato à Presidência da República pelo PSOL em 2018 e à Prefeitura de São Paulo em 2020.

Raquel Rolnik é professora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP. Foi relatora da ONU para o Direito à Moradia Adequada (2008-2014) e secretária nacional de Programas Urbanos do Ministério das Cidades (2003-2007). Autora dos livros “A Cidade e a Lei” e “Guerra dos Lugares: a colonização da terra e da moradia na era das finanças”.

 

Danielle Klintowitz  é arquiteta e urbanista, doutora em administração pública pela FGV e mestre em urbanismo pela PUC/Campinas. Atua como coordenadora geral e da equipe de urbanismo do Instituto Pólis.

 

Rodrigo Faria G. Iacovini é advogado, doutor e mestre em planejamento urbano e regional pela Universidade de São Paulo. É coordenador da Escola da Cidadania do Instituto Pólis e assessor da Plataforma Global pelo Direito à Cidade. Escreve para o Le Monde Diplomatique Brasil, coordenando o especial Cidades do Amanhã.  Foi coordenador executivo do Instituto Brasileiro de Direito Urbanístico (IBDU) e assessor da Relatoria Especial da ONU para o Direito à Moradia Adequada.

 

Graça Xavier é bacharel  em Direito. coordenadora da União Nacional Por Moradia Popular (UNMP) e da Rede Mulher e Hábitat da América Latina e Caribe. Fellow Social da Ashoka.

 

Adriana Geronimo é graduada em Serviço Social e co-vereadora na Câmara Municipal de Fortaleza pela mandata coletiva Nossa Cara. Moradora da Comunidade do Lagamar, mãe, engajada nas pastorais sociais e na luta por moradia digna e direito à cidade, é co-fundadora da FavelAfro, cooperativa de mulheres periféricas da Comunidade do Lagamar, integra o Grupo Jovens em Busca de Deus (JBD LAGAMAR), a Frente de Luta por Moradia Digna, o Campo Popular do Plano Diretor de Fortaleza e o Fórum Popular de Segurança Pública do Ceará.

inscrições

Este curso conta com duas categorias de inscrição:

  • estudante (graduação ou pós): R$90,00 por pessoa
  • profissional: R$180,00 por pessoa

Também oferecemos inscrições solidárias. Você se inscreve por um valor adicional, que é utilizado para custear mais bolsistas neste curso. Nesta modalidade, também há duas categorias:

  • estudante (graduação ou pós): R$100,00 por pessoa
  • profissional: R$200,00 por pessoa

As vagas são limitadas e as inscrições podem ser realizadas até o dia 29/03. 

regras de isenção

Tendo em vista a missão da Escola da Cidadania, oferecemos isenção na inscrição para até 20 participantes de movimentos populares, coletivos e organizações da sociedade civil. Para solicitar isenção, as pessoas interessadas devem preencher este formulário até dia 23/03. A seleção levará em conta critérios de gênero, raça, orientação sexual e situação de moradia. Encorajamos principalmente a participação de pessoas negras, trans e/ou moradores de periferias e favelas.

   

referências

Confira as indicações de leitura e de vídeos para cada unidade do curso nas caixas abaixo.